Coronavírus: Medida de prevenção nos três poderes inclui servidores

4.3/5128 votos
folder_openGeral

Coronavírus: Medida de prevenção nos três poderes inclui servidores

Guedes e Tofolli são contra redução salarial de servidores durante a pandemia.

Servidores entram em plano provisório do governo para evitar propagação do coronavírus.

Guedes e Tofolli são contra redução salarial de servidores durante a pandemia.

Com o aumento no número de casos confirmados com coronavírus, no início da semana nos três poderes começa bem apreensiva. O STF e o STJ vão avaliar a possibilidade de suspensão das sessões até o final da semana.

O senador Nelsinho Trad chegou a afirmar que “abraçou meio Congresso”, anterior à confirmação positiva ao coronavírus. O presidente Bolsonaro, mesmo tendo resultado negativo para doença deve permanecer em isolamento, pois teve contato com infectados.

Guedes e Tofolli são contra redução salarial de servidores durante a pandemia.
Guedes e Tofolli são contra redução salarial de servidores durante a pandemia.

Até o momento, 11 pessoas que estavam na comitiva dos Estados Unidos foram confirmadas positivas para coronavírus. Com isso, os cuidados com todos que tiveram contato com essas pessoas devem ser redobrado.

Medidas diante da pandemia do coronavírus

Como medida de prevenção, o governo vem orientando que viagens ao exterior devem ser extremamente evitadas. Todos aqueles que voltarem de viagem de outros países vão ter de cumprir 14 dias de quarentena, cumprindo sua jornada de trabalho em sistema home office.

Em meio a pandemia mundial do coronavírus e expansão no Brasil, a explanada dos ministérios e a praça dos três poderes, podem ser esvaziadas ainda esta semana. Durante a pandemia, reuniões e eventos serão revistos, analisando a real necessidade.

Salários de servidores poderá ser reduzido em até 20% durante crise

A possibilidade de realizar eventos por videoconferência ou outro meio eletrônico devem ser priorizadas, ou adiar o evento, evitando aglomerações.

No congresso, parlamentares colocaram em pauta suspender sessões, dentre outras atividades, de modo a evitar aglomerações e a transmissão do coronavírus. No entanto, a agenda para a próxima semana ainda está mantida até segunda ordem.

Por estarem em uma classificação de risco do novo coronavírus, senadores e servidores que possuem mais de 65 anos foram dispensados. Todos os que foram dispensados, vão ter de realizar teletrabalho de casa.

Ponto eletrônico tem novas regras para servidores

Somente na casa legislativa são cerca de 28% das pessoas com mais de 65 anos. De acordo com alguns estudos, a letalidade do coronavírus entre pacientes de 60 e 69 anos chega a 14,8%.

A medida provisória editada pelo senado diante da pandemia do coronavírus estabelece algumas proibições. O acesso ao cafezinho fica proibido a pessoas credenciadas, como jornalistas e assessores, por exemplo.

Receba as notícias antes dos demais Assinantes!

Clique para ativar as notificações e receba antes de serem publicadas

Receba as notícias antes dos demais Assinantes!

Clique para ativar as notificações e receba antes de serem publicadas

Essa matéria foi relevante? Vote !

4.3/5128 votos

Publicações Relacionadas

Geral

Saque do PASEP começa mês que vem

0

Segundo o calendário divulgado pelo Governo no Diário Oficial da União, os saques PASEP poderão ser feitos a partir do dia 16 de julho deste ano e seguem até 30 de junho de 2021

Deixe seu Comentário

Faça como mais de 100.000 Assinantes

Click em mim e tenha Acesso às Plataformas Digitais com Produtos Exclusivos para Servidores Federais

Menu